Comparada a “vira-lata”, vice-governadora considera artigo misógino e racista

Jacqueline Moraes se refere ao artigo publicado sobre ela nesta quarta-feira (18) em um site de notícias do Sul do Estado. 

Por:

TuBusca

Foto: rerodução

A vice-governadora do Espírito Santo, Jacqueline Moraes (PSB), considerou machista e misógino o artigo publicado sobre ela nesta quarta-feira (18) em um site de notícias do Sul do Estado. 

” (…) a vice-governadora tem o atrevimento de uma ‘vira-lata’ que abana o ‘rabo’ para o dono e ‘late’ de longe, salivando ignorância quando o assunto é corrupção no Governo do Espírito Santo”, diz um trecho do texto publicado

A vice-governadora considerou o texto como mais um que a ataca com forte teor misógino e machista e pediu respeito às mulheres.

Tenho orgulho em ser a primeira mulher eleita vice-governadora na história do Espírito Santo e em representar a maioria da população capixaba, que são as mulheres. Os compromissos que tenho assumido não me permitem dobrar os joelhos perante comportamentos absolutamente machistas”, destacou.

Em uma rede social o governador Renato Casagrande (PSB) manifestou apoio à Jacqueline Moraes. O governador considera o artigo um “ataque covarde, racista e misógino sofrido nesta manhã”, e  desejou “força e a coragem  que sempre pautaram sua vida pública”.

Leia na Integra posicionamento da vice-governadora:

RESPEITO ÀS MULHERES

A justiça, a verdade e o respeito são três pilares muito fortes na minha vida e história. Com esses valores cultivo minha família, amigos e também são esses valores que guiam minha vida política. Porém, vivemos tempos difíceis, de verdades distorcidas e muita má intenção disfarçada de notícia.
Tenho sido uma vítima sistemática dessa rede de injustiças e mentiras, que insiste em tentar me desqualificar com ‘matérias’ mentirosas, covardes, racistas e misóginas, sem se importar em provar suas acusações ou pelo menos ouvir os dois lados da história. Um comportamento está muito longe de representar o que é o jornalismo brasileiro.
Tenho orgulho em ser a primeira mulher eleita vice-governadora na história do Espírito Santo e em representar a maioria da população capixaba, que são as mulheres. Os compromissos que tenho assumido não me permitem dobrar os joelhos perante comportamentos absolutamente machistas.
Sou uma grande defensora de uma imprensa livre, que luta e entrega a verdade com fatos apurados. Sem injustiças. Me solidarizo com o trabalho dos jornalistas sérios e quero aqui expressar todo o meu respeito a vocês. Não são tempos fáceis mas tenho certeza de que, mais uma vez, a verdade prevalecerá.
Minha gratidão ao apoio da minha família, dos meus amigos e do governador Renato Casagrande nessa luta. 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Inscreva-se em nosso blog

Seja a primeira a receber nossos conteúdos!

Você também pode gostar!

Inscreva-se na Newsletter

Fique por dentro do que acontece no universo feminino!

Inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter e receba no seu e-mail as nossas novidades.

Ao clicar no botão você aceita receber nossos e-mails comunicativos. Fica tranquila, não faremos spam!

Seja bem-vinda

Inscrição realizada com sucesso!

Agora você receberá em primeira mão as nossas novidades e conteúdos! Aproveitando, siga o TuBusca no Instagram, clicando no botão abaixo 🙋🏻‍♀️