Conecte-se conosco

Bem-estar

Corpo de Verão: é possível fazer ‘milagre’?

Cirurgião plástico explica que não existe mágica, mas sim trabalho em conjunto entre médico e paciente

Publicado

em

O verão 2021 chega em uma semana e, com ele, vem a oportunidade de se refrescar em piscinas, praias e também resorts. Na hora de colocar a roupa de banho, vem a pergunta: será que o meu corpo está pronto e definido para o Verão? A verdade é que isso não existe. Todos os tipos de corpos são perfeitos para a estação mais quente do ano.

O que realmente define se o corpo está pronto para a estação mais quente do ano é a avaliação e autoestima de cada um. O que ocorre é que há pessoas que não se sentem à vontade para exibir o corpo nesta época e uma das alternativas é defini-lo por meio de procedimentos estéticos.

De acordo com o médico cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Dr. Victor Cutait, o número de intervenções em seu consultório aumenta o dobro no segundo semestre – por conta do Verão.

Mas a mudança exige esforço. O médico cirurgião plástico explica: “Não existe nenhum milagre, é trabalho. Isso porque envolve tanto o trabalho do médico profissional para executar o procedimento mais adequado para cada paciente, como também do próprio paciente, que inclui realizar atividades físicas frequentemente,  boa alimentação e sono regulado. Tudo isso é para manter o resultado por um longo período de tempo.”, avalia.

Confira os procedimentos e técnicas mais realizados no Verão:

Lipofracionada

Uma das intervenções mais comuns para esculpir o corpo é a definição do abdômen. Para isso, a técnica mais indicada é a lipofracionada, que é uma atualização da lipo comum, capaz de eliminar 100% da gordura localizada presente em áreas como abdômen, cintura, costas, coxas e braços. Tem o princípio da lipoaspiração comum, que é aspirar a gordura, mas, é dividida em diferentes sessões para cada parte do corpo.

A grande vantagem é que na lipofracionada é possível retirar toda a gordura localizada. Além disso, a operação minimamente invasiva não oferece risco de perfuração e tampouco embolia pulmonar, o que garante mais segurança ao paciente.

Outro benefício é que, por ser pouco invasiva, permite uma recuperação mais rápida e tranquila, o que possibilita o retorno às atividades de rotina logo após o procedimento”, completa o profissional.

Prótese de silicone

O médico avalia que as cirurgias de prótese de silicone também aumentam significativamente nos meses que antecedem o Verão. 

Tal cirurgia demanda mais cuidado, já que é necessário pouco esforço e agitação nas primeiras semanas, uso de sutiã-cirúrgico, baixa exposição solar e calor excessivo.

A partir de três meses já é possível ver resultados, mas o ideal é aguardar ao menos seis meses para visualizar o resultado final.

Abdominoplastia

Junto com a mamoplastia de aumento dos seios e a lipoaspiração, esta é uma das cirurgias mais realizadas. Realizada para remover o excesso de pele e gordura na região do abdômen, devolvendo a firmeza.

A cirurgia é indicada para aqueles que perderam muito peso ou passaram por gestações.  “Após grande perda de peso, múltiplas gestações ou ainda gestação única, em que houve aparecimento de flacidez de pele, com ou sem a presença de estrias, a abdominoplastia é a  melhor solução”, analisa Cutait.

Durante a cirurgia, também é possível corrigir os defeitos na parede abdominal, como hérnias e a separação dos músculos (diástases), afinando a cintura e melhorando o contorno corporal.

Foto: Divulgação internet

destaques