Conecte-se conosco

Sobre Elas

Grupo de voluntárias “Amigas da Maternidade” faz a 1ª edição de Feira de Artesanato

Evento acontece nesta sexta e sábado e terá toda renda revertida em benefício da maternidade SUS do Hospital Rio Doce

Publicado

em

Com o intuito de arrecadar recursos para os projetos da maternidade SUS do Hospital Rio Doce, o grupo de voluntárias “Amigas da Maternidade”, realiza nesta sexta e sábado, 19 e 20, respectivamente, a 1ª edição de Feira de Artesanato das Amigas. O evento será no Oriundi Supermercado, das 10h às 19h, na sexta e das 08 às 15h no sábado. 

Os produtos comercializados na feira, entre eles: capas de almofada, porta vinho, bolsas, jogo americano, toalhas de prato, itens de decoração de natal, puxa saco, toalhas, entre outros, são fruto do trabalho de mulheres prendadas que fazem parte do grupo.

A presidente do grupo, Carolina Lavigne Castello Branco Moreira, diz que antes da pandemia as senhoras do grupo se reuniam uma vez por semana para fazer os artesanatos, mas, mesmo sem se encontrar elas continuaram os trabalhos, agora, aos poucos, estão retomando os encontros.

O objetivo, segundo Carolina, “é aumentar a produção e tornar a feira anual, assim como já acontece com outros eventos realizados pelo grupo para ajudar a maternidade”.   

Amigas da Maternidade

Fundado há 23 anos por Dona Joana Belizário, com o objetivo de ajudar crianças carentes nascidas no hospital Rio Doce, o grupo de voluntárias “Amigas da Maternidade”, conta atualmente, com mais de 70 colaboradoras.

Ao longo dessas duas décadas de existência são inúmeras as conquistas das amigas em prol do bem-estar das gestantes e humanização da maternidade. Além da doação de enxoval, fraldas e itens de higiene para mães e bebês que precisam, as “Amigas da Maternidade” ajudaram na reforma e ampliação da maternidade, feita recentemente, possibilitando a abertura de novos leitos, aquisição de cadeira do papai para os acompanhantes, doação das cortinas para sala de pré-parto, doação de roupa de cama, toalhas de banho, camisolas, mantas para bebês e mantas para as mães.

Também vale ressaltar que o trabalho desempenhado pelo grupo de voluntárias contribuiu de maneira significativa para reabertura e ampliação, de 6 para 10 leitos, da UTIN do Hospital Rio Doce.

destaques